tendências da nutrição

tendências da nutrição

Tendências da nutrição

 

Tendências da nutrição

     A nutrição é um dos processos biológicos que mais sofrem alterações e influência da mídia e do mercado. A cada novo ano, novas tendências da nutrição são adotadas por muitas pessoas e, também, por muitos profissionais. Devemos, porém, seguir todas elas? Vamos

Tendências da nutrição: vilões e mocinhos

     Além das tendências alimentares, há uma tendência da mídia em classificar os alimentos entre bons e ruins. De um lado, temos os alimentos com poderes milagrosos, de outro, aqueles que, em nenhuma hipótese, devem ser consumidos. Já foi assim com o açúcar, o ovo, o café, a lactose, entre outros. Atualmente vêm sendo o glúten e o carboidrato.

     Nesse aspecto, como profissional, quero ressaltar que NÃO existe alimento vilão ou alimento mocinho. O que existe é a necessidade de equilíbrio entre as escolhas alimentares, afinal, a alimentação faz parte do convívio social e da interação humana. Não devemos banir alimentos da nossa dieta, e sim criar novos significados para eles e consumi-los com cautela. 

Alimentos hiperproteicos, fortificados e low carb

     Outra tendência da nutrição é a busca por alimentos com “superpoderes”. São aqueles alimentos fortificados com ômega 3, os hiperproteicos para atletas e alimentos com pouco carboidratos ou low carb.

     Nessa linha, é importante frisar que os alimentos com essas propriedades são ultraprocessados, ou seja, passaram por um processo intenso de industrialização. São os que devem ser evitados dentre as escolhas alimentares. Por mais benefício que uma barra de proteína possa trazer, por exemplo, esse alimento pode ser substituído por outras fontes proteicas mais saudáveis e naturais como ovos, proteínas animais e laticínios.

 Dietas da moda

     Além dos alimentos “superpoderosos”, outra tendência da nutrição são as dietas da moda. Saí ano, entra ano, sempre tem a dieta do momento. Dieta do tipo sanguíneo, dieta low carb, dieta Atkins, dieta com jejum intermitente, entre outras.

     Essas, no meu ver, são as tendências mais perigosas, pois além de causar um grande estresse no indivíduo, ainda compromete seriamente sua saúde. As dietas da moda, na maioria das vezes, são restritivas, ou seja, excluem alimentos muitas vezes essenciais para o bom funcionamento do organismo humano. Dessa forma, a pessoa fica com deficiência nutricional, mais propensa a redobrar o peso perdido e ainda pode desenvolver distúrbios alimentares.

      Portanto, lembre-se! Não existe dieta milagrosa, todas elas são falhas! Existem apenas estratégias alimentares aplicadas à realidade do individuo.

Tratamento individualizado

      Falando em aplicar estratégias na vida das pessoas, o tratamento individualizado é a única maneira de fugir das dietas da moda que comprometem sua saúde. Você é uma pessoa única, assim como seu organismo e seus aspectos alimentares. Gostos, intolerâncias, hábitos. Isso tudo deve ser levado em consideração na hora de realizar uma reeducação alimentar. Por isso, um profissional capacitado é o grande aliado na hora de conseguir seus objetivos.

Embasamento científico

      Assim como tudo, nas tendências da nutrição também existem fake news. Na verdade, a maioria das notícias é muito exagerada ou distorcida da realidade. O embasamento científico é o consenso dos pesquisadores sobre um determinado tema. Você pode encontrar diversos artigos científicos sobre os mais variados  temas na internet. Por isso, sempre que surgir notícia sobre algum alimento milagroso, consulte seu nutricionista de confiança ou os artigos profundos sobre o tema.

UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design