Ressaca

Ressaca

Durante o período co carnaval é comum as pessoas exagerarem tanto no consumo alcoólico, quanto no consumo de alimentos gordurosos. Essa soma acaba resultando em algo muito desagradável: a ressaca.
Os efeitos sentidos são ocasionados por uma combinação de fatores: a sobrecarga hepática e gástrica, cuja as maiores consequências são as náuseas, a perda de apetite e o vômito, a metabolização do álcool e do acetaldeído, uma substância tóxica, e a desidratação (juntos, esses dois últimos são os principais causadores das sensações de fraqueza, dor de cabeça e dor no corpo).
A única maneira de preveni-la é não consumir bebida alcoólica, o que a maioria não pretende. Vamos dar algumas dicas para amenizar os efeitos da ressaca e ajudar o organismo a se recuperar  dos exageros:
. O mais importante é a hidratação. Que pode ser por meio da água, água de coco, sucos naturais e isotônicos.
. Evite chás, como o mate, verde, preto e outros alimentos ricos em cafeína, como o café, devido aos efeitos diuréticos, alguns deles refrescam, mas não hidratam adequadamente, podendo levar a piora dos sintomas.
. Prefira carnes brancas, alimentos cozidos ou crus e frutas. Nada de frituras e pratos gordurosos, eles sobrecarregam nosso fígado que já está sensibilizado pelos exageros desses dias e o próprio calor também nos deixa com uma sensação de "peso" e dificuldade para digerir.
. Estudos recentes mostram que o gengibre tem alguma capacidade de proteger o fígado, mesmo em pequena quantidade, uma dica é acrescentá-lo aos sucos. Ele combina bem com abacaxi, hortelã, laranja e melancia. 
. Coloque o sono em dia! Durante o sono nosso organismo consegue produzir substância relacionada a nossa recuperação.
Mito: Tem muita gente que ainda acredita que a melhor forma de se curar a ressaca é continuar bebendo, isso é mito, o importante é a hidratação e a alimentação leve e saudável. 

Ariela Issa

 

UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design