Suplementos I - Whey Protein

Suplementos I - Whey Protein

 Ultimamente observamos o crescente uso de suplementos e outras substâncias com finalidade de rendimento (ergogênese) em academias e outros centros de esportes. A sociedade brasileira de medicina do esporte (SBME) publicou em 2003 uma diretriz e depois a atualizou em 2009 cujo dados revelam que uma alimentação adequada prescrita por um nutricionista ou outro profissional gabaritado são capazes de suprir as necessidades diárias até mesmo de atletas de elite. 

O que é suplemento? suplementos alimentares são preparações destinadas a complementar a dieta e fornecer nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos, que podem estar faltando ou não podem ser consumidos em quantidade suficiente na dieta de uma pessoa. Podem ser utilizados pala atletas, praticantes de atividades físicas ou até mesmo pessoas com patologias específicas, por exemplo, câncer ou em idosos.  
Entraremos em uma jornada esclarecendo o universo dos suplementos alimentares, como usar, quando usar e quem deve utilizar.
 
Whey Protein
É o suplemento proteico mais consumido, sua matéria prima é a proteína do soro do leite e pode ser encontrada no mercado de três maneiras: isolado, hidrolisado ou concentrado. O whey concentrado possui 35% a 80% de proteína, sendo que o restante de sua composição é de carboidrato e gordura (diabéticos e pessoas com consumo restrito de carboidratos devem evitar). Na forma isolada, o suplemento em pó tem concentração de proteína superior a 90%, é praticamente nulo de gordura e carboidrato e promove uma absorção mais rápida. A terceira e última opção, o whey hidrolisado, é a forma mais nobre de apresentação, pois passa por um processo  de hidrólise, em que a proteína é pré-digerida, resultando em aminoácidos livres, prontos para o organismo utilizar.
Recomendação: deve ser enquadrado em uma dieta equilibrada e sua dose é de acordo com o objetivo.
Ingestão proteica total:
Indivíduos sedentários: 0,8 g/kg
Ativos: 1,2 a 1,4g/kg
Hipertrofia: 1,8g/kg
O uso de suplemento proteico após treino de hipertrofia favorece o aumento de massa muscular quando combinado com a ingestão de carboidratos. A quantidade a ser ingerida estar dentro da ingestão proteica TOTAL e calórica total do dia, a dose recomendada é para cada 10 gramas de proteína  20 gramas de carboidrato.
Cuidados: 
- suplementos adulterados; 
- consumo superior a 1,8g/kg por dia não está associado a melhor desempenho ou ganho de massa muscular;
- consumo exagerado de proteínas pode causar estresse renal e hepático. 
 
Ariela Issa
UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design