própolis e geleia real

própolis e geleia real

Própolis e geleia real

Própolis

     A própolis é uma substância resinosa produzida pelas abelhas e que é utilizada, desde a antiguidade, pelos egípcios, gregos, romanos e até por culturas da América do Sul. Empregada principalmente para o tratamento de infecções, ela é um subproduto com compostos bioativos, flavonoides e também vitaminas do complexo B, além de vitamina C e E. Como minerais possui o zinco, cálcio e fósforo.

     Por esses atributos nutricionais, a própolis contém capacidade antimicrobiana, anti-inflamatória e antioxidantes. No entanto, ela não deve ser usada como tratamento de infecções.  

Geleia real

    A geleia real é uma substância produzida para alimentar as rainhas de sua colmeia. De cor branco-leitosa, é considerado um alimento nobre devido ao seu valor nutricional. Acredita-se que a geleia real, rica em proteínas, seja responsável pelo desenvolvimento e diferenciação da produção da abelha-rainha.

    Dentre os seus nutrientes podemos destacar os mais diversos aminoácidos, sendo 17 no total e oito essenciais, as que o corpo não consegue produzir além da obtenção dos alimentos. 

  • Ação antioxidante: ajuda na diminuição do desgaste celular pela alta capacidade antioxidante e combate aos radicais livres.
  • Ação anticancerígena: apesar de necessitar de um maior número de estudos na área, alguns artigos mostram a possível ação positiva da geleia real no combate ao câncer de colo de útero, mama e próstata.
  • Controle na pressão arterial pela combinação de suas proteínas e o potássio que ajuda na vasodilatação.
  • Combate ao diabetes: melhora na utilização da insulina e na absorção da glicose.

 A quantidade recomendada de geleia real são três colheres de café ao dia e pode-se consumi-la fresca ou congelada.

Considerações finais

    Vale a pena lembrar que tanto a própolis como a geleia real são opções muito válidas no seu dia a dia.

    É bom destacar que a própolis é um coadjuvante no tratamento de infecções, e a geleia real, apesar de rica em proteínas, não deve substituir os alimentos desse grupo.

Cristina Trovó

Nutricionista

UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design