fruta pode?

fruta pode?

Fruta pode?

 

Frutas

Muitas pessoas vêm abolindo as frutas da alimentação pela presença de carboidrato nelas. Mas, afinal, fruta pode?! Claro que sim! Hoje estamos aqui para desmistificar mais um tema sobre alimentação.

 

Frutas e Carboidratos

As frutas contêm, em sua maioria, o carboidrato chamado frutose. Assim, muitas pessoas que querem perder peso acabam abolindo o item da dieta. O que elas não sabem é que a maioria das frutas possuem uma baixa quantidade desse carboidrato e seus benefícios são imprescindíveis.

Confira a seguir as principais frutas e sua quantidade de carboidrato a cada 100g:

  • Abacate (2g);
  • Açaí (4g – desde que sem xarope adicionado);
  • Goiaba (7g);
  • Laranja (10g);
  • Limão (6g);
  • Mamão (10g);
  • Maracujá (9g);
  • Melancia (8g);
  • Morango (5g);
  • Pêssego (8g);
  • Abacaxi (12g);
  • Banana (24g);
  • Maçã (14g);
  • Manga (17g);
  • Uvas (12g).

 

Notem que, ao transformar para quantidade calórica - multiplicando a quantidade em gramas por aproximadamente 4 -  ainda assim possuem um baixo valor calórico correspondente ao carboidrato. Já o abacate, apesar de ter um valor baixo em carboidratos é rico em gorduras, sendo assim mais calórico. Da mesma forma, o açaí, que possui baixa quantidade de carboidratos, mas na maioria das vezes é Ingerido com xarope, o que aumenta sua carga calórica.

 

A importância das frutas na alimentação

As frutas são alimentos essenciais na nossa dieta por serem ricas em vitaminas e minerais, que participam das reações químicas do nosso corpo. Nelas, além da abundância de vitaminas, ainda encontramos uma grande quantidade de fibras, que auxiliam no trânsito intestinal e aumento da saciedade.

Vale a pena lembrar que elas também são ótimas para lanches intermediários e que sua recomendação diária é de 3 a 5 porções ao dia. Dessa forma, varie os tipos para que também haja a variação dos nutrientes.

 

Fruta pode?!

Sim! Fruta pode! Hoje mostramos um pouco sobre a preocupação desnecessária com as frutas na dieta e como elas são importantes para o nosso corpo. Mas cuidado com as quantidades! Como tudo, temos que comer com moderação e de acordo com as nossas necessidades diárias.  Assim, e com o auxílio de um profissional, será fácil atingir seus objetivos sem retirar nenhum alimento da dieta. Vamos preparar nossa salada de frutas?!

 

Cristina Trovó

Nutricionista

UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design