Fodmap

Fodmap

  

Fodmap

Segundo a Federação Brasileira de Gastroenterologia, Fodmap é definido como alimentos fermentáveis que são mal absorvidos pelo nosso corpo. Trata-se de carboidratos que não são digeridos pelo intestino humano, gerando gases e outros desconfortos intestinais pela alta osmolaridade.

 

Tipos de Fodmap

Por serem carboidratos, os Fodmap são classificados como monossacarídeos, dissacarídeos, oligossacarídeos e polióis. Confira quais são alguns alimentos de cada grupo.

Monossacarídeos: a glicose e a frutose são tipos de monossacarídeos - mel, frutas, xarope de milho.

Dissacarídeos:  dentro desse grupo encontra-se a lactose e a sacarose - açúcares em geral, leite e derivados como queijos, iogurtes, manteiga e sorvetes.

Oligossacarídeos – leguminosas como grão de bico, lentilha, feijão, grãos enlatados, alcachofra, aspargos, farinhas, massas, centeio entre outros.

 

Sintomas de dieta rica em Fodmap

Os sintomas de uma dieta rica em Fodmap são aqueles relacionados ao trato gastrointestinal como: flatulências, desconforto abdominal, diarreia, constipação, intestino irritável, estresse, indisposição.

 

Como saber se minha dieta é rica em Fodmap?

Primeiramente, é necessário observar se esses alimentos se apresentam de forma excessiva na sua dieta. Uma vez identificado, vá a um profissional para que o mesmo oriente sobre como realizar o teste. Basicamente, envolve retirada do alimento que pode ser o causador do desconforto e substituí-lo por um do mesmo grupo alimentar. Logo após, observa-se se o sintoma diminuiu ou desapareceu com a retirada desse alimento.

 A necessidade de um profissional está justamente na substituição, uma vez que é necessário incorporar um que seja equivalente, para que não haja perdas nutricionais.

 Sabemos que muitas pessoas sofrem com problemas que envolvem o sistema gastrointestinal e vivem diariamente com os sintomas. No entanto, antes de realizar uma dieta pobre em FODMAP é importante consultar um especialista, uma vez que outras condições podem estar associadas a esses sintomas e, por isso.  A saúde ser prejudicada pela restrição alimentar.

 

Cristina Trovó

Nutricionista

UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design