Diabetes

Diabetes

Diabetes: 5 mitos sobre alimentação

 

A diabetes é uma doença crônica decorrente da deficiência de insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas responsável pela entrada da glicose nas células e que acomete mais de 7 milhões de pessoas segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes

Sua causa pode ser decorrente de fatores genéticos como a Diabetes tipo 1 ou multifatorial causada por sedentarismo, má alimentação, obesidade, entre outros.

 Sempre quando pensamos em diabetes pensamos em como a alimentação será restrita após o diagnóstico. É verdade que indivíduos diabéticos precisam sim de um cuidado centrado na alimentação mas alguns pontos, apesar de terem que serem evitados, são mitos de forma geral. Conheça-os:

  1. Pessoas com diabetes não podem comer doces: Pessoas com diabetes podem comer doces quando o quadro está controlado. Aconselhamos que diabéticos consumam doces apenas em pequenas quantidades, em situações especiais e desde que seu quadro esteja controlado. De forma geral, a recomendação de evitar doces acabou se tomando a fama de "proibida" uma vez que o controle da doença exige disciplina.
  2. Frutas são saudáveis e diabéticos podem comer em qualquer quantidade: A verdade é que as frutas são sim saudáveis mas a quantidade o tipo de fruta podem influenciar na glicemia do paciente pela quantidade de carboidratos. Dessa forma, é sempre importante seguir o plano alimentar de acordo com as quantidades e realizar a contagem de carboidratos quando se aplicar.
  3. Diabéticos não podem comer pães, massas batatas etc: Não é verdade! Pela quantidade de carboidratos, as quantidades devem sim ser controladas e deve-se dar preferência para os alimentos integrais. No entanto eles não são proibidos. Quanto as quantidades, vai depender de quão controlada a diabetes está, quanto maior a glicemia, menor as quantidades de carboidratos você deverá consumir.
  4. Diabéticos devem ter uma alimentação diferenciada das pessoas sem diabetes: Tanto pessoas com ou sem diabetes devem ter uma alimentação saudável, com quantidades adequadas de carboidratos, proteínas, gorduras, rica em fibras, frutas, verduras e legumes. A grande diferença é que, quando diabético, alguns pontos devem ser levados em consideração como a quantidade de carboidratos de acordo com a glicemia atual. Mas de forma geral, o prato do diabético deve ser o mesmo de uma pessoa sem diabetes.
  5. Pessoas com diabetes só podem consumir alimentos "diet": Como falado anteriormente, os alimentos consumidos por pessoas com diabetes são os mesmos das pessoas que não possuem a doença. O que vai diferenciar são as quantidades de carboidratos dependendo de quão controlada está a doença. Alimentos tipo "diet" além de mais caros, não apresentam nenhum benefício extra e ainda podem contém uma maior quantidade de gorduras na composição.

Depois de falar um pouco sobre alguns mitos em relação a alimentação, é bom ressaltar a importância da equipe multidisciplinar na terapia da doença. Nutricionistas, médicos, psicólogos e outros profissionais juntos são necessários para auxiliar diabéticos no controle da doença e uma vida mais saudável.

Cristina Trovó

Nutricionista

UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design