Alimentação saudável para gestantes

Alimentação saudável para gestantes

 A gestação é o período da vida da mulher que necessita ser avaliado com especial atenção, já que envolve diversas alterações físicas, hormonais e psíquicas que podem interferir na saúde como um todo. Alguns cuidados simples podem evitar os desconfortos desse período,  principalmente na  alimentação, que  deve ser a mais saudável possível, rica em nutrientes e com calorias adequadas para desenvolver um bebê com mais saúde.  “ A mãe deve oferecer o que há de melhor nos alimentos, pois este é o único meio da criança alimentar-se.” 

       Confira, a seguir, algumas dicas para engordar o permitido, que é  9 a 12 quilos, e garantir uma gestação saudável e tranquila.
*Coma alimentos de fácil digestão e evite gorduras saturadas, frituras, doces, etc., pois a digestão fica mais lenta neste período.
*Mastigue bem os alimentos e não tome líquidos nas refeições, isso evita  má digestão, azia e enjoos.
*Aumente o consumo de alimentos ricos em ácido fólico, responsável pela formação do tubo neural do bebê. Ele está presente, principalmente, em folhas verde-escuras - brócolis, espinafre, vagem -, feijões, gema de ovo e  frutas cítricas (laranja e limão), ricas em vitamina C que melhora a absorção de ferro e carne.
* Evite excessos de açúcares, gorduras e frituras dando preferência para preparações cozidas, assadas ou grelhadas  e tome muito cuidado com os adoçantes, já que os artificiais como aspartame, ciclamato e sacarina podem causar má formação fetal. Prefira os naturais, à base de stévia e sucralose, ou, melhor que isso, evite adoçantes.
*Consuma, pelo menos uma vez ao dia, feijão, lentilha, grão-de-bico ou ervilhas. Esses alimentos são ricos em ferro e aminoácidos que ajudam a formar as células sanguíneas do feto.
* Evite o consumo de alimentos industrializados.
*Reduza o consumo de sal, não só nas preparações como também em produtos condimentados e embutidos, pois aumenta a retenção hídrica, provocando inchaços e pressão alta.
* O consumo de bebidas alcoólicas, café e bebidas com cafeína devem ser evitados ao máximo, se possível, eliminados neste período, uma vez que são estimulantes do sistema nervoso central, interferem na absorção de nutrientes (cafeína-cálcio), prejudicando, assim, a saúde e o desenvolvimento do bebê. 
* Evite deitar após as refeições.
      Com o aumento da síntese da progesterona no ovário, nas primeiras semanas de gestação, a gestante tem um aumento de sono, cansaço, diminuição do esvaziamento gástrico e maior retenção de líquido, o que pode gerar um mal-estar intenso e intensificar os enjôo_.
Dicas para diminuir o enjôo
* Adicionar limão na água ou em chás e beber durante o dia.
* Tomar limonada sem açúcar e bebidas frias e ácidas.
* Chupar gelo.
Vale lembrar que a assistência médica durante o pré-natal é fundamental para a identificação de fatores de risco e para o controle de todos os sintomas que ocorrem durante a gestação.
 
Cristina Trovó
Nutricionista 
 
Foto: site R7 Saúde e Nutrição
 
UTI das Ideias - Soluções Corporativas em Web e Design